Sugestões da Revista Adega para harmonizar fondue e queijos

Na revista Adega 141 a matéria de capa sugere 10 vinhos para acompanhamento de fondue e queijos. Duas estrelas da Clarets estão entre os melhores:

Rosé

Os vinhos rosés também não costumam estar na lista das opções para casar com queijos para a maioria das pessoas. No entanto, se pensarmos que eles tendem a ter a acidez dos brancos e alguns toques da estrutura dos tintos, não haveria motivo para eles não combinarem com queijos. O frescor da acidez dos vinhos rosés e sua estrutura são importantes para suportar tanto o amanteigado dos queijos de massa mole quanto a potência do sal dos mais duros. Aqui podemos harmonizar um bom Rosé de Provence, ácido e mineral, por exemplo, tanto com um Sainte-Maure de Touraine ou um Valençay (queijos de cabra com textura cremosa) passando por um Saint-Félicien ou um Pont L´Evêque (queijos de vaca de massa mole), até com queijos de massa mais dura. O ecletismo dos rosés é recompensado diante de uma tábua de queijos. Se não houver preconceito, ele fará um bom papel.

Riesling

Há quem ache os Riesling vinhos complicados. Muito dessa “complicação” deve-se ao fato de os principais rótulos dessa variedade virem da Alemanha, onde os estilos seco e meio-seco às vezes não estão totalmente claros na cabeça do consumidor, assim como os da Alsácia. Mas, na hora de harmonizar com queijos ou com fondue, podemos deixar essa preocupação com o estilo do Riesling de lado, pois, tanto um (seco) quanto outro (meio-seco) farão ótimas combinações na mesa. Os secos vão bem ao lado de queijos de massa mole ou semi-mole, como Morbier, Gruère, Emmental etc. Já os meio-secos, assim como os espumantes, são grandes curingas, fazendo casamentos perfeitos com uma grande variedade de queijos, graças à combinação entre acidez e leve doçura, que pode contrapor o sal presente em queijos de massa mais dura, como um Asiago, um Comté, um Parmigiano Reggiano etc. Alternativas ao Riesling podem ser os Pinot Gris ou os Grüner Veltliner.

Compre agora mesmo as sugestões da Clarets citadas na Revista Adega 141 para harmonizar com fondue e queijos.

  • Domaines Ott Chateau De Selle

    2018
    R$499,00
    R$499,00

    Produtor: Domaines Ott

    Safra 2018
    País França
    Região Provence
    Volume 750ml
    Uvas Grenache | Cabernet Sauvignon

    Cinsault | Syrah

    Temp. de Serviço 6º – 8º
    Álcool 13%
    Download Ficha
  • Fora de estoque

    Zind-Humbrecht Riesling Turckheim

    2016
    R$233,00
    R$233,00

    Produtor: Domaine Zind-Humbrecht

    Safra 2016
    País França
    Região Alsace
    Volume 750ml
    Uvas Riesling
    Temp. de Serviço 8º – 10º
    Álcool 12%
    Download Ficha

Related post