Um dos maiores ícones de Rhone

O Chateauneuf du Pape Chateau de Beaucastel é um dos maiores ícones da região, que é a mais emblemática do sul do Rhone. É o vinho mais importante produzido pela família Perrin, que há 5 gerações seguem as características tradicionais da região e respeitam ao máximo o solo e Terroir. Pela legislação local, o vinho Chateauneuf du Pape pode usar até 13 castas de uvas, sendo que, neste vinho, todas são usadas. No blend estão presentes Grenache, Mourvèdre, Syrah, Cinsault, Vaccarese, Countete, Terret Noir, Muscardin, Clairette, Picpoul, Picardin, Bourboulenc e Roussanne. Todo o processo produtivo é minuciosamente feito com intenção de extrair o melhor possível de cada casta de uva e elaborar, assim, o melhor Chateauneuf du Pape. O enorme cuidado começa na colheita, onde é feita uma triagem minuciosa e somente as melhores uvas são mantidas para a vinificação. A fim de manter seu caráter e aromas originais as 13 variedades de uvas são vinificadas separadamente. Grenache e Cinsault fornecem cor e redondeza ao vinho. Mourvedre, Syrah e Muscardin Vaccarese fornecem estrutura e poder de envelhecimento. Counoise e Picpoul atribuem corpo, frescor e aromas muito particulares ao vinho. Depois que a mistura é feita, o vinho é envelhecido em barricas de carvalho onde envelhece por um ano até o momento do engarrafamento. Após este período, as garrafas continuam envelhecendo na propriedade por mais um ano. Uma complexa arte de produção passada de geração em geração pela Família Perrin. No nariz o vinho é muito delicado e poderoso ao mesmo tempo, um bouquet elegante com aromas de frutas vermelhas, groselha preta, amoras, especiarias, combinados com uma ótima acidez. Os taninos estão presentes, mas são muito bem resolvidos. Este vinho apresenta bastante elegância, equilíbrio e tem ótimo potencial de envelhecimento.

Related post