Chateau Climens

O Château Climens 2014 foi provado de vários lotes que Bérénice Lurton e sua equipe estão preparando para misturar durante a maturação do barril. Tendo conduzido esta prática ao longo de muitos anos, gostaria de salientar que, enquanto em alguns anos é preciso conjecturar ao máximo, em 2014 os lotes eram menores em número e mais completos. Isso tornou mais fácil imaginar o vinho final. Aqui, você teve que se concentrar no segundo lugar, onde 80% da safra foi colhida com início generalizado de botrytis. Apresenta aromas de mel seco, frutas de zimbro e calêndula, damasco seco. Há claramente uma boa acidez. Como de costume, este Climens tem uma sensação de volume e persistência na boca. Em geral, Bérénice Lurton tem um Climens vencedor em suas mãos, um dos dois ou três melhores vinhos doces desta safra.

Robert Parker: 94-96 pontos.

O melhor de Bordeaux você encontra na Clarets.

Conteúdo relacionado