Almaviva

2016

R$1.665,00

Available:Em estoque

Produtor: Baron Philippe de Rothschild | Viña Concha y Toro

Safra 2016
País Chile
Região Alto Maipo
Sub-Região Puente Alto
Volume 750ml
Uvas Cabernet Sauvignon | Carmenère | Cabernet Franc | Petit Verdot
Temp. de Serviço  16° – 18°
Álcool  15%
Download Ficha
Share this product

O Almaviva é a perfeita fusão entre os conhecimentos bordoleses da família Rothschild e os conhecimentos do solo, videiras e região da Concha Y Toro. Estes dois produtores se fundiram neste projeto único para criar o Almaviva, vinho produzido no Chile com técnicas Francesas. Desde o inicio do projeto a concepção foi usar blends típicos bordoleses da margem esquerda, região onde a família Rothschild tem suas propriedades. A uva Cabernet Sauvignon é a estrela principal, tendo como coadjuvantes a Merlot, Cabernet Franc, Petit Verdot e Carmenere. O blend é feito usando as mesmas técnicas de vinificação de Bordeaux, ou seja, nem todas uvas são usadas a cada safra. Isto é feito com objetivo de arredondar o vinho, trazendo mais elegância e deixando mais macio e redondo, então a cada safra julgam quais uvas se encaixarão melhor e usam blends diferentes, tendo sempre como base a Cabernet Sauvignon, exatamente como a família Rothschild faz nos vinhos em Bordeaux. O enólogo a frente deste projeto é o renomado francês Michel Friou, referência na França e no mundo. O Almaviva busca ter as melhores características de Maipo, sendo assim as melhores características do Chile, porém com a finesse e elegância que a vinificação com o estilo e qualidade de Bordeaux conseguem trazer para o vinho. O Almaviva é um notável vinho que popularmente podemos chamar de Franco-Chileno, em que existe o melhor do solo chileno sendo feito do melhor modo que Bordeaux sabe fazer um vinho.

Em 1997 a Baronesa Philippine de Rothschild, Presidente do Conselho Consultivo da Baron Philippe de Rothschild SA e Don Eduardo Guilisasti Tagle, Presidente da Viña Concha y Toro SA, fecharam uma parceria para em conjunto para criarem o mais premium vinho Franco-Chileno. A parte francesa usaria os conhecimentos que a família Rothschild tinha em Bordeaux por estarem a frente do conceituado Chateau Mouton-Rothschild e dos consagrados Château d’Armaillhac e do Château Clerc Milon. A parte chilena usaria os conhecimentos que a Concha Y Toro tinha à frente dos melhores vinhos do Chile, incluindo o famoso e premiado Don Melchior, e o enorme conhecimento que possuíam das terras da região. O Almaviva foi então criado a partir da união destes dois notáveis produtores para este projeto único, que em total sincronia produziram juntos, em solo chileno, um vinho com técnicas de produção totalmente bordolesas. A primeira safra deste vinho foi a de 1996, que foi lançada no mercado em 1998. Desde então este vinho se tornou referência em qualidade no mundo. Hoje em dia é comercializado também na França pelos negociantes de Bordeaux, seguindo diversas das regras desta região.

Elegante, poderoso e bem estruturado, com uma mistura refinada de frutas escuras, frutas vermelhas secas e sabores de especiarias. Notas de ervas secas, com um acabamento mineral que é longo e de sabor rico. Cabernet Sauvignon, Carmenère, Cabernet Franc e Petit Verdot. Beba agora até 2025. 15.000 casos feitos”

95 Pontos – Wine Spectator

A colheita de 2016 foi complicada pela chuva no final de abril, o que fez com que eles se apressassem e terminassem duas semanas antes do normal. O ano também foi mais frio, e o 2016 Almaviva, uma mistura de 66% de Cabernet Sauvignon, 24% de Carmenère, 8% de Cabernet Franc e 2% de Petit Verdot, tem menos álcool ,13,9%, comparado a 15% em 2014. O élevage foi encurtado para 16 meses, e eles diminuíram o percentual de novos barris franceses usados – para baixo de 77% dos 82% do ano anterior. O vinho é mais fresco e menos marcado pelo carvalho, uma versão mais fluida, com taninos finos. Isto é um pouco diferente, um ano mais leve e fresco. Foi um inverno muito seco, complicado pelas chuvas. Eu encontrei muito boa harmonia e taninos finos, equilíbrio e frescor em uma das safras mais elegantes que eu me recordo de Almaviva. Tem poder, taninos muito acessíveis e sem notas verdes. É jovem, mas acessível, e deve desenvolver-se bem em garrafa, pois tem o equilíbrio e a frescura. Esta é uma safra elegante e fresca para Almaviva, jovem e terna, onde aproveitou-se das condições naturais para isso. Bem feito! 180.000 garrafas produzidas. Foi engarrafado em dezembro de 2017.”

95 Pontos – Robert Parker

Um muito bom e elegante Almaviva com frutas frescas e caráter de erva. Corpo médio a cheio, firme e focado com taninos muito finos e lineares e um tom de chocolate e cedro Carne defumada e suculenta. É apertado, mas abre com ar. Classicismo aqui. 66% cabernet sauvignon, 24% carmenère, 8% cabernet franc e 2% petit verdot. Beba em 2021.”

97 Pontos – James Suckling

REF: 0079 Categoria: