Total: R$0,00

Nicolas Joly Clos de La Coulée De Serrant – 2019

REF: 0672

R$1.416,00

FICHA TÉCNICA

PRODUTOR:
Nicolas Joly
SUB REGIÃO:
Savennières
TIPO:
Tinto
UVAS:
Chenin Blanc
SAFRA:
2019
VOLUME:
750ml
PAÍS:
França
TEMP. SERVIÇO:
12º – 14º
REGIÃO:
Vale du Loire
Álcool:
15%

Em estoque

REF: 0672 Categorias: , , Tags: ,

Descrição

A história da viticultura nas propriedades que hoje são de Nicolas Joly é muito antiga, data da época dos monges cistercienses no século XII. Um antigo mosteiro desta época ainda se encontra dentro de uma das propriedades e hoje é um importante monumento histórico. Várias personalidades famosas, como Luís XI, Luís XIV, Alexandre Dumas ou Maurice Curnonsky exaltaram a região como sendo uma das melhores do mundo para vinhos brancos. Nicolas Joly é um dos percursores do biodinamismo, considerado um “True Believer” da agricultura biodinâmica em todo o mundo. O engarrafamento dos vinhos é feito a partir de um calendário que se baseia na influência da lua, do sol e das marés.

Todas as suas vinhas, que são biodinâmicas desde 1984, colaboram com a iniciativa de Joly, considerado o mago do biodinamismo, de valorizar ao máximo o conceito de terroir, algo amplamente difundido e sabido nos dias de hoje, mas raro e quase que desconhecido nos anos 1980 quando ele começou. Os vinhedos de Nicolas Joly estão localizados no Vale do Loire, em encostas muito íngremes. A filosofia biodinâmica de Joly se estende à vinificação também. Segundo Joly, quanto mais você ajuda a videira a fazer seu trabalho, por meio de um solo vivo, seleção adequada de videiras e evitando tratamentos venenosos, mais harmonia haverá, uma vez que os microrganismos ali existentes estarão em perfeito equilíbrio. Se o vinho capta bem essa harmonia, você não tem nada para fazer na adega, já que potencialmente está tudo lá, ou seja, Joly é um adepto da mínima intervenção durante a vinificação. Na adega não há adição de leveduras e nem o controle de temperatura, pois, segundo Joly, a fermentação é como uma febre, tem que subir para diminuir após alguns dias.

Três vinhos são produzidos em quantidades praticamente artesanais: Coulée de Serrant, Clos de la Bergerie e Les Vieux Clos. O mais importante vinhedo de Joly é o Coulée de Serrant, um “monopólio”, de propriedade exclusiva, que possui apenas 7 hectares com videiras de 35 a 80 anos de idade. É um dos mais emblemáticos vinhedos do mundo, foi plantado pela primeira vez há quase 1000 anos por monges cistercienses. Além do Coulée de Serrant, ele possui outra propriedade ao lado, chamada Clos de La Bergerie, com mais uma denominação própria dentro de Savennières, a Roche aux Moines, um Chenin Blanc de estilo seco e incrível personalidade. Por fim, seu vinho “mais simples”, o Les Vieux Clos fica sob a denominação Savennières e é um branco muito acima da média com todos os preceitos da biodinâmica.

Informação adicional

Peso 1.3 kg
Dimensões 12 × 12 × 38 cm
Pais

França

Produtor

Nicolas Joly

Tipo

Branco

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Nicolas Joly Clos de La Coulée De Serrant – 2019”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

X
Menu