O Chateau Montrose é a nova estrela de Saint-Estephe no portfolio da Clarets.

Este produtor produz 3 vinhos, todos agora disponíveis no Brasil.
O La Dame de Montrose é o segundo rótulo da propriedade, feito com os mesmos padrões rigorosos que o primeiro vinho, a partir de uvas cultivadas no mesmo vinhedo. A uva Merlot predomina no blend, a safra de 2014 foi feita com 50% Merlot, 45% Cabernet Sauvignon e 5% Petit Verdot. Seus aromas e sabores de frutas vermelhas muito pronunciados refletem outra expressão do terroir em um estilo distinto do primeiro vinho. Consistentemente confiável e alcançando a maturidade mais cedo, o vinho foi criado em 1983 em homenagem a Yvonne Charmolue, que administrou o Chateau Montrose sozinha de 1944 a 1960. A produção varia de um ano para outro, mas representa em média 30% da produção total do Chateau Montrose.
A Clarets é representante oficial do Chateau Montrose no Brasil.

Read more

Lançamento na Clarets: Chateau Montrose.

A Clarets acaba de trazer para o Brasil os três vinhos do consagrado Chateau Montrose, um dos dos melhores produtores de Saint-Estephe, importante sub-região de Bordeaux localizada na margem esquerda do rio Gironde. A história deste produtor foi escrita por três famílias que, ao longo de dois séculos, prezou pela excelência e por fazer safras lendárias, sempre tirando o melhor proveito de seu terroir único, tornando seus vinhos uma grande referência na região.

Read more

VIII Wine Dinner Clarets: O melhor de Bordeaux 1982.

O passeio da noite começou em Saint-Estephe, região localizada ao Norte de Bordeaux, terminando em Sauternes, localizada ao Sul. Os clientes presentes neste jantar passearam pelas 8 regiões mais importantes de Bordeaux, provando 19 rótulos diferentes, em que foram selecionados os melhores de cada região.

Read more

VIII Wine Dinner Clarets: O melhor de Bordeaux 1982.

Na etapa de Pauillac foram servidos Mouton, Latour, Lafite e Pichon Lalande. A safra 1982, uma das melhores de todos os tempos em Bordeaux, foi ainda mais especial nesta região. O Lafite recebeu 97+ pontos do Robert Parker, sendo o vinho menos pontuado entre os 4 servidos nesta etapa. Todos os outros 3 vinhos, Robert Parker pontuou com a nota maxima de 100 pontos.

Read more

VIII Wine Dinner Clarets: O melhor de Bordeaux 1982.

Na foto, o sommelier da Clarets, Francis Cardoso, cuidando da preparação da etapa das regiões de Margaux e Pessac-Leognan. Representando Margaux, foram servidos Margaux e Palmer. Representando Pessac-Leognan, foram servidos Haut Brion e La Mission Haut Brion.

Read more

VIII Wine Dinner Clarets: O melhor de Bordeaux 1982.

O exclusivo menu do jantar, de 8 tempos, foi elaborado especialmente pelos chefs Luca Gozzani, do Fasano, e Luiz Filipe Souza, do Evvai. Cada chef idealizou 4 etapas, sendo cuidadosamente estudadas para harmonizar com os vinhos e proporcionar uma experiência gastronômica que atendesse as mais altas expectativas dos participantes do evento.

Read more

VIII Wine Dinner Clarets: O melhor de Bordeaux 1982.

Na etapa de Saint-Julien foram servidos Leoville Las Cases e Gruaud Larose, os dois melhores e mais bem pontuados vinhos da região, neste fantástico ano de 1982. Na foto, o Leoville Las Cases no decanter, onde permaneceu por 90 minutos antes de ser servido. Cada rótulo teve a sua decantação calculada de forma diferente, de acordo com as características do vinho.

Read more