Le Petit Clos Apalta tem uma produção praticamente artesanal.

Segundo vinho do emblemático Clos Apalta, o Le Petit Clos Apalta tem uma produção praticamente artesanal, na safra 2015 foram apenas 36.667 garrafas. Utiliza uvas do mesmo vinhedo do Clos Apalta, por isso é chamado de segundo vinho. A diferença é na seleção diferente de videiras, que predominantemente são mais jovens para este vinho. As avaliações foram excelentes nesta safra, recebendo 95 pontos de James Suckling.


A Clarets é representante oficial Clos Apalta no Brasil.

Read more

Degustação e treinamento da equipe Clarets com o Clos Apalta 2015.

A safra 2015 foi considerada espetacular para este vinho, uma das melhores de todos os tempos. Recebeu notas altíssimas dos críticos, incluindo 100 pontos de James Suckling.
O Clos Apalta é um projeto de vinhos de altíssima qualidade do renomado produtor Lapostolle. Em 1994 Alexandra Marnier-Lapostolle comprou um vinhedo formado predominantemente por vinhas antigas na região de Apalta, no Vale do Conchagua. Neste vinhedo, que hoje é considerado um dos melhores de todo o Chile, iniciou-se o projeto do Clos Apalta. A filosofia deste produtor é fazer vinhos à maneira dos grandes produtores de Bordeaux, usando a experiência francesa que possuem os envolvidos no projeto. O enólogo responsável é o renomado Jacques Begarie.


A Clarets é representante oficial Clos Apalta no Brasil.

Read more

Lançamento na Clarets: Le Petit Clos Apalta 2015.

Segundo vinho do emblemático Clos Apalta, o Le Petit Clos Apalta tem uma produção praticamente artesanal, na safra 2015 foram apenas 36.667 garrafas. Utiliza uvas do mesmo vinhedo do Clos Apalta, por isso é chamado de segundo vinho. A diferença é na seleção diferente de videiras, que predominantemente são mais jovens para este vinho. O período em madeira, assim como utilização de barricas de segundo uso, faz com que seja um vinho mais pronto para beber em comparação com o primeiro. As avaliações foram excelentes nesta safra, recebendo 95 pontos de James Suckling.


A Clarets é representante oficial Clos Apalta no Brasil.

Read more

Lançamento no Brasil: Clos Apalta 2015.

A safra 2015 foi considerada espetacular para este vinho, uma das melhores de todos os tempos. Recebeu notas altíssimas dos críticos, incluindo 100 pontos de James Suckling:

“Aqui está uma complexidade sutil no nariz com groselha, bagas, erva fresca e aromas de terra molhada. Corte flores frescas também. Corpo cheio, denso e poderoso. Caráter incrível aqui com tal pureza e polimento, que continua por alguns minutos. Formado, esculpido ainda com alma. Um vinho monumental para o Chile. Inacreditável. Mais poderoso que o 2014, que tambem foi de 100 pontos. Uma mistura de 46% carmenere, 30% cabernet sauvignon, 19% merlot e 5% cabernet franc. Feito de uvas cultivadas biodinamicamente.”

100 pontos – James Suckling


A Clarets é representante oficial Clos Apalta no Brasil.

Read more

Lançamento na Clarets: Clos Apalta.

O Clos Apalta é um projeto de vinhos de altíssima qualidade do renomado produtor Lapostolle. Em 1994 Alexandra Marnier-Lapostolle comprou um vinhedo formado predominantemente por vinhas antigas na região de Apalta, no Vale do Conchagua. Neste vinhedo, que hoje é considerado um dos melhores de todo o Chile, iniciou-se o projeto do Clos Apalta. A filosofia deste produtor é fazer vinhos à maneira dos grandes produtores de Bordeaux, usando a experiência francesa que possuem os envolvidos no projeto. O enólogo responsável é o renomado Jacques Begarie.
O vinho principal leva o nome do produtor, Clos Apalta. Na safra 2015 foram produzidas apenas 73.452 garrafas. A proposta do produtor é fazer o melhor vinho do Chile, juntando a experiência francesa com o terroir único da região. O rendimento das uvas para este vinho é muito baixo, novamente priorizando a alta qualidade do vinho. As pontuações dos especialistas foram altíssimas para esta safra, incluindo 100 pontos de James Suckling.


O segundo vinho é o Le Petit Clos Apalta, também com produção praticamente artesanal de 36.667 garrafas na safra 2015. É considerado o segundo vinho do Clos Apalta porque as uvas utilizadas para sua a produção são do mesmo vinhedo do primeiro vinho, porém é feita uma seleção diferente de videiras, que predominantemente são mais jovens. As avaliações deste vinho também foram excelentes nesta safra, recebendo 95 pontos de James Suckling.


A Clarets é representante autorizada Clos Apalta no Brasil.

Read more

Degustação e treinamento da equipe Clarets com o Seña 2016.

Esta safra é uma das mais pontuadas de todos os tempos, recebendo 98 pontos James Suckling, 98 pontos Wine Spectator e 97 pontos Robert Parker. Foi um ano onde praticamente todos os especialistas se encantaram pelo Seña, sendo consenso que a safra é excepcional. A característica mais marcante de 2016 neste vinho é o blend diferenciado, com mais Malbec e menos Carmenere, resultando em um vinho mais elegante, tendência para próximas safras de Seña.


O melhor do Chile você encontra na Clarets.

Read more

O Blason D’Issan é o segundo vinho do Chateau D´Issan.

É produzido a partir de vinhas localizadas no mesmo vinhedo do Chateau D´issan, porém são as vinhas mais jovens. Estas mesmas vinhas no futuro serão utilizadas para a produção do primeiro vinho. A produção do Blasson D´Issan começou em 1995 e desde então é considerado um vinho de altíssima qualidade em Margaux, exemplo disto são as excelentes pontuações, como os 92 pontos recebidos por James Suckling na safra de 2014.


A Clarets é representante autorizada do Chateau D´Issan no Brasil.

Read more