Total: R$0,00

O Domaine Dureuil-Janthial é o produtor mais prestigiado de Rully, comuna localizada na região de Côte Chalonnaise, ao sul da Borgonha. Herdeiros da família Janthial, presente em Rully desde o século XIII, Céline e Vincent Dureuil assumiram a propriedade em 1994, sendo extremamente meticulosos na elaboração dos vinhos. Ambos acreditam na filosofia de que o vinho se faz primeiro na vinha e optam por respeitar a terra e dar vida aos solos e vinhas para produzir vinhos precisos, de grande pureza e de personalidade franca que expressam harmoniosamente cada um dos terroirs. Seu prestígio é tanto, que há alguns anos, a consagrada revista de vinhos francesa Revue du Vin o colocou entre os 50 melhores produtores de vinhos brancos da Borgonha, ao lado de ícones como Ramonet, Roulot e Coche-Dury.


O produtor foi certificado orgânico em 2009. Trabalho e respeito ao solo, boas práticas agrícolas e colheita 100% manual são os pilares do domaine. Para as várias obras na vinha, usa-se o calendário lunar há muitos anos. Na época da colheita, Vincent não hesita em correr o risco de colher tarde, pois, segundo ele, o objetivo é ir até o final da maturação da uva para obter vinhos saborosos, com uma bela mineralidade e uma acidez marcante. A abordagem de Vincent na adega é clássica e minimalista. Para os brancos, os cachos inteiros são prensados lentamente, a fermentação começa com leveduras indígenas e com pouco enxofre.

Os vinhos são envelhecidos em barricas por 12 meses, 25% novas, após os quais são armazenados em tanques de aço inoxidável por mais 4-6 meses de envelhecimento, dependendo da cuvée. Os tintos são desengaçados com alguns pequenos cachos inteiros e macerados a frio de 8 a 10 dias em tanques de fermentação verticais de madeira velhos. Fermentam lentamente antes de serem colocados em barricas de carvalho francês, 33% novas, onde envelhecem por 12 meses, passando mais 4-6 meses em tanques de aço inoxidável, antes de serem engarrafados sem filtração.


Sem dúvida, o Domaine Dureuil-Janthial é um dos grandes produtores da Borgonha na atualidade. Para William Kelley, crítico do site Wine Advocate, “este domaine de 20 hectares é considerado a melhor vinícola da Côte Chalonnaise. A agricultura orgânica, os solos cultivados e a vinificação virtuosística combinam-se com um efeito impressionante, produzindo brancos texturais, mas incisivos e tintos perfumados e macios, que figuram entre os meus vinhos favoritos na Borgonha … muitos terão lugar na minha própria adega, e eu não poderia recomendá-los aos leitores mais calorosamente do que isso.”

X
Menu