frete gratis

FRETE GRÁTIS REGIÃO GRANDE SP E GRANDE RJ

Vincent Dancer cresceu na Alsácia, onde herdou de seu pai o amor pelo vinho e pela fotografia. Após estudar engenharia, seu pai sugeriu que passasse algum tempo na Borgonha, onde sua família possuía algumas vinhas que estavam sendo alugadas para primos e foi imediatamente fisgado, decidindo se estabelecer em Chassagne-Montrachet e produzir vinho a partir dos 5,5 ha de vinhedos bem localizados.

A vinícola é pequena, mesmo para os padrões da Borgonha, e, apesar da natureza reclusa de Dancer, os vinhos são bem conhecidos por um pequeno círculo de restauradores e amantes do vinho que, ano após ano, compram sua minúscula alocação de forma confiável e foi um dos primeiros produtores de Chassagne a obter a certificação orgânica. Ele permanece discretamente individualista, criando seu próprio estilo puro, brilhante e saboroso de vinificação, confiando em seus instintos e experiência para produzir o melhor vinho possível à sua maneira e suas práticas na adega são as mínimas possíveis: leveduras nativas, sem enzimas ou ácidos, malo natural, sem battonage, sem fining ou filtragem.  Cada cuvée, no entanto, é realmente um reflexo do terroir. Não é exagero dizer que os vinhos de Vincent Dancer são majestosamente únicos, excepcionalmente deliciosos.

A estrela do Domaine Dancer continua a brilhar sob a orientação de Theo, filho de Vincent, que assumiu o domínio em 2020. Théo estudou no Lycée Viticole de Beaune enquanto trabalhava em meio período com seu pai e, a partir de 2021, passou a trabalhar em tempo integral na vinícola e já está causando um impacto significativo. Além do trabalho com o pai, iniciou seu próprio micro-négoce, onde obtém uvas de várias áreas interessantes em diferentes partes da França e de produtores com os quais Theo tem um relacionamento pessoal.

Ao contrário do Domaine Vincent Dancer, Théo Dancer acha que pode ser mais experimental com esses vinhos. Para isso, ele testa diferentes recipientes de fermentação e armazenamento, incluindo cerâmica, esferas de vidro para vinho e barris de tamanhos diferentes. Também intervém o mínimo possível e todas as fermentações são feitas com cepas de leveduras naturais, a fermentação malolática ocorre naturalmente e não há bâtonnage, clarificação ou filtragem em nenhum dos vinhos e usa uma quantidade mínima de enxofre, de 15 a 20 mg/litro.

Select more than one item for comparison.
X
Menu