Total: R$0,00
A história da casa Philipponnat remonta a 1522 quando Apvril le Philipponnat possuía vinhas em Le Léon, entre Aÿ e Dizy, na região de Champagne. Na época de Luiz XIV, a família já era uma das fornecedoras da corte francesa. O coração de seus vinhos está em 5,5 hectares de terras em Mareuil, no chamado Clos de Goisses. O nome, que no dialeto local significa encosta íngreme, denota o quanto esse vinhedo murado é especial com sua inclinação de 45º e face sul. As vinhas de Clos de Goisses são tão importantes para Philipponnat, que ele é dividido em 14 parcelas.
Mas a maison, ao todo, tem cerca de 20 hectares de vinhedos, todos em classificação Grand ou Premier Cru na área de Aÿ, Mareuil e Avenay. A abordagem na gestão das vinhas é a mais natural possível e seus vinhos de reserva permanecem em barricas de carvalho em um processo de solera. A casa foi uma das primeiras a apontar o principal ano da safra em seus espumantes não Vintage, assim como a data do dégorgement no contrarrótulo. Seus Champagnes ficam de três a onze anos envelhecendo em caves históricas.
As cuvées prestige refletem o melhor da essência da casa. A começar com 1522 (que celebra a história dos ancestrais da família), depois Clos de Goisses (que vem do principal vinhedo e um dos primeiros Single Vineyard de Champagne, lançado em 1935). Desde que reassumiu a empresa familiar em 1999, Charles Philipponnat, com ajuda do chef de cave Thierry Garnier, tem levado seus vinhos a patamares cada vez mais altos.
X
Menu